Acesso Rápido

Clínica Vilara

Hospital Vila da Serra

Seguindo os objetivos institucionais de oferecer atendimento integral à saúde materno-infantil desde os seus primeiros momentos, o Hospital Vila da Serra oferece um dos Centros de Medicina Reprodutiva mais modernos da América do Sul, a Clínica Vilara.

A Clínica Vilara – Modernidade e inovação

Além da tecnologia moderna, o Centro traz novas ideias e conceitos atualizados de estimular a ovulação das pacientes. Nesse sentido, os especialistas ressaltam que não há mais necessidade de muita medicação, o que reduz significativamente os custos do tratamento e os incômodos provocados pelos hormônios.”O uso de altas doses de hormônios durante a fase de estimulação dos ovários está relacionado a uma pior qualidade dos óvulos e dos embriões, e diminui significativamente as possibilidades de gravidez da paciente”, adverte o Dr. Sandro Sabino.

Seguindo o espírito inovador do grupo, o Centro de Medicina Reprodutiva do Hospital Vila da Serra, Clínica Vilara, iniciará uma campanha nacional de Preservação da Fertilidade Feminina e Masculina a partir de janeiro. “Considero que é a nova emancipação feminina. Se, na década de 60, o uso da pílula permitiu a igualdade sexual entre homens e mulheres, o congelamento dos óvulos permite que a mulher se insira cada vez mais no mercado de trabalho, podendo deixar a gravidez para um momento mais oportuno, quando já tenha atingido um ponto de estabilidade profissional e financeira.”, afirma o Dr. Marco Antônio Melo.

O novo espaço conta com a técnica mais moderna de congelamento de embriões e de óvulos, chamada vitrificação. O método consiste no congelamento ultrarrápido, que diminui drasticamente as possibilidades de haver dano celular durante o processo. “Com a técnica anterior, somente 60% dos óvulos sobreviviam após seu descongelamento e a taxa de gravidez era inferior a 30%. Com esta nova técnica, mais de 90% dos óvulos sobrevivem ao procedimento e as taxas de gravidez são idênticas às obtidas com óvulos frescos, quer dizer aproximadamente 50%”, informa o Dr. Sandro Sabino.

A passagem destes dois profissionais pelos Estados Unidos e Espanha também permitiu a aplicação de novos tratamentos em pacientes portadores de câncer. Sabe-se que mais de 70% das mulheres submetidas à quimioterapia passam a sofrer de infertilidade, uma vez que a medicação utilizada destrói os folículos ovarianos, estruturas que contêm os óvulos.

Apesar da maioria dos tumores que afeta os adolescentes e jovens apresentar alta taxa de cura, o tratamento agressivo leva ao comprometimento da fertilidade feminina e masculina, conhecida como menopausa precoce nas mulheres, e azoospermia (ausência de espermatozoides), nos homens. “Estamos trazendo protocolos de estimulação ovariana revolucionários sob o ponto de vista de segurança para estas pessoas. É possível estimular a ovulação sem que a paciente tenha sua doença agravada pelos efeitos da medicação. Temos total controle da produção hormonal durante todo o tratamento e, desta forma, não interferimos em nada no prognóstico da paciente”, reforça o Dr. Marco Antônio Melo.

Para mais informações acesse www.clinicavilara.com.br.

Compromisso e Qualidade

Certificação internacional

Vídeo Institucional

Veja nosso vídeo institucional

HVS no Facebook

Curta nossa página no facebook

Qualidade, confiabilidade e excelência tornam o Hospital Vila da Serra Acreditado Nível 3 ONA e Certificado Internacionalmente pelo Qmentum Internacional.

Selo Acreditado

Saiba mais sobre as certificações do
Hospital Vila da Serra.

Tratamento humanizado, aliado à dedicação e atenção aos seus pacientes fazem do Hospital Vila da Serra um centro de referência no atendimento à mulher, à criança e à toda a família.


Alameda Oscar Niemeyer, 499 - Bairro Vila da Serra
CEP 34006-056 - Nova Lima - MG - Tel.: (31) 3228-8100
2016 © Hospital Vila da Serra. Todos os direitos reservados.
Antônio Eugênio Motta Ferrari
Diretor Técnico
CRM MG12794
Agência de publicidade