Acesso Rápido

O vírus HPV e a importância da vacinação

Saiba o que é vírus HPV e importância da vacinação

O HPV (papilomavírus humano)  é o nome dado ao grupo de vírus  que engloba cerca de 150 tipos diferenciados. Dentre eles, uma parte significativa afeta diretamente as partes genitais. Por isso, muitos associam diretamente a presença do vírus através do contágio sexual. Porém, não se podem descartar outras vias de contágio, como pele e mucosa infectadas ou até mesmo durante o parto, de mãe para filho.

Como a DST é detectada

Nos homens, as lesões são facilmente reconhecidas por exame clínico-visual, pois a anatomia do órgão masculino favorece a identificação imediata pelo médico. Porém, existe a probabilidade de não ser detectada a olho nu. Neste caso, o médico poderá indicar um teste chamado peniscopia.

Já nas mulheres, as lesões podem se expandir por toda a área genital e chegar ao colo do útero. Portanto, são visualmente difíceis de perceber. Neste caso, o HPV é identificado somente com exames especializados, como o Papanicolau, e descamação da pele para biópsia.

Além do trato genital, o vírus pode originar verrugas na pele, lábios, boca e cordas vocais.

Riscos do HPV

Especificamente no trato genital, as lesões imprimem elevado risco, pois podem resultar em tumores malignos. Entretanto, não podemos definir a infecção pelo HPV como resultado certo de câncer.

O contato com um dos tipos de vírus é muito comum. Cerca de 80% das mulheres terão, ao logo da vida, contato com pelo menos um dos tipos de papiloma existentes. Em muitos casos, a presença da infecção é temporária, pois é combatida pelo sistema imune.

Sintomas

Em alguns casos, a doença não manifesta sintoma; em outros, pode se manifestar em forma de verrugas, semelhantes ao formato de uma couve-flor, sendo identificados em exames clínicos ou em exames especializados. O caso se agrava quando há multiplicação acelerada das células infectadas pelo vírus, resultando no diagnóstico de câncer.

Possíveis tratamentos

Em muitos casos, a doença é eliminada pelo sistema imune e as mulheres nem percebem que já tiveram contato com o vírus.

Quando se detecta a presença do HPV, ele não pode ser combatido, e sim as lesões pré-malignas e verrugas originadas pela presença do vírus. Os procedimentos prováveis são cauterização e laser. Se o diagnóstico dor câncer, o tratamento é cirúrgico.

Vacinação

Em março de 2014 deu-se início à Campanha de Vacinação Contra o HPV. O objetivo é que as pré-adolescentes de 11 a 13 anos tomem a vacina. Nesta faixa etária, estima-se que ainda não iniciaram a vida sexual ativa. Portanto, por não ter tido até então nenhum contato com o vírus, a vacina torna extremamente eficaz na prevenção.

A vacinação compreende-se em três doses. A segunda aplicação deverá ser feita seis meses após à primeira. Já a última, cinco anos depois.

O vírus HPV e a importância da vacinação

Confira aqui o Guia Prático sobre o HPV – Perguntas e Respostas

Para facilitar a abordagem do público-alvo, os agentes de saúde irão às escolas particulares e públicas para aplicar a vacina. Se o responsável não concorda com a imunização, deve assinar um termo e entregá-lo ao agente de saúde.

É importante salientar que é de suma importância a vacinação, pois o câncer do colo do útero é a segunda maior causa de morte entre as mulheres e a imunização precoce é uma aliada no combate às estatísticas tão elevadas. Quer mais informações? Confira aqui o Guia Prático sobre o HPV – Perguntas e Respostas – disponibilizado pelo Ministério da Saúde.

 

Leia também:
  • Tuberculose: sintomas e tratamentos

    O que é tuberculose? A tuberculose é uma doença infecciosa, ou seja, transmitida por um microrganismo (ou micróbio), que pode ocorrer em vários locais do organismo, mas que em mais de 85% dos casos ocorre nos pulmões. Esse microrganismo é um tipo es...

  • Eleita nova diretoria da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG)

     O Dr. Lincoln Lopes Ferreira, Coordenador da Clínica Cirúrgica do Hospital Vila da Serra, especialista em gastroenterologia, foi eleito em agosto como novo presidente da Associação Médica de Minas Gerais (AMMG) e tomará posse no dia 21 de outubro. ...

  • 07 de Maio – Dia do Silêncio

      Estudos apontam que o silêncio é primordial para o ambiente hospitalar, uma vez que ele contribui para uma atmosfera mais calma e confortável, e consequentemente ajuda na recuperação dos pacientes e também para a concentração dos profission...

Compromisso e Qualidade

Certificação internacional

Vídeo Institucional

Veja nosso vídeo institucional

HVS no Facebook

Curta nossa página no facebook

Qualidade, confiabilidade e excelência tornam o Hospital Vila da Serra Acreditado Nível 3 ONA e Certificado Internacionalmente pelo Qmentum Internacional.

Selo Acreditado

Saiba mais sobre as certificações do
Hospital Vila da Serra.

Tratamento humanizado, aliado à dedicação e atenção aos seus pacientes fazem do Hospital Vila da Serra um centro de referência no atendimento à mulher, à criança e à toda a família.


Alameda Oscar Niemeyer, 499 - Bairro Vila da Serra
CEP 34006-056 - Nova Lima - MG - Tel.: (31) 3228-8100
2017 © Hospital Vila da Serra. Todos os direitos reservados.
Antônio Eugênio Motta Ferrari
Diretor Técnico
CRM MG12794
Desenvolvido por SPARTA INTERATIVA - Agência de Marketing 360