Acesso Rápido

Tire suas dúvidas sobre o H1N1

Segundo a Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), a gripe causada pelo novo vírus Influenza A/H1N1 (inicialmente chamada de gripe suína) é uma doença transmitida de pessoa a pessoa através de secreções respiratórias, principalmente por meio da tosse ou espirro de pessoas infectadas. A transmissão pode ocorrer quando houver contato próximo (aproximadamente um metro), principalmente em locais fechados, com alguém que apresente sintomas de gripe (febre, tosse, coriza nasal, espirros, dores musculares). Caso ocorra transmissão, os sintomas podem iniciar no período de 3 a 7 dias após o contato. Apesar de ser popularmente conhecida como gripe suína, não há registro de transmissão da Influenza A/H1N1 para pessoas por meio da ingestão de carne de porco e produtos derivados desse. O vírus não resiste a altas temperaturas (70ºC).

Confira os cuidados recomendados pela SBI para evitar ou tratar a contaminação pelo vírus

Onde EXISTEM casos detectados:

O paciente com suspeita de infecção pelo vírus Influenza A(H1N1) deverá utilizar máscara desde o momento da identificação da suspeita até a chegada no local de isolamento hospitalar ou domiciliar.

Onde NÃO EXISTEM casos detectados:

Não há evidências que comprovem que o uso de máscaras cirúrgicas para a população, em ambiente aberto, ofereça proteção
São considerados casos suspeitos:
Pessoas com febre alta, ou seja, acima de 38ºC, que surge repentinamente, associada à tosse. Podem vir acompanhadas de um ou mais dos seguintes sintomas: dor de cabeça, dor muscular, dor nas articulações ou dificuldade respiratória. Ter apresentado sintomas até 10 dias após voltar de viagens ao exterior, de países com casos confirmados de Influenza A/H1N1.
Ou ter tido, nos últimos 10 dias, contato próximo com alguma pessoa que tenha suspeita de contaminação por Influenza A/H1N1.

Procedimentos em relação aos casos suspeitos

Procurar atendimento médico nos casos citados acima.

Caso você tenha visitado ou more em área afetada pela gripe suína e venha a apresentar alguns dos sintomas acima, é recomendável realizar quarentena domiciliar voluntária:

  • Permaneça em casa durante dez dias, utilizando máscara cirúrgica descartável.
  • Não vá ao trabalho ou à escola.
  • Meça sua temperatura três vezes ao dia.
  • Fique atento para o surgimento de tosse.
  • Não compartilhe alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.
  • Evite tocar olhos, nariz ou boca.
  • Cubra o nariz e boca quando tossir ou espirrar.
  • Lave as mãos frequentemente com água e sabão, especialmente depois de tossir ou espirrar.
  • Mantenha o ambiente ventilado.
  • Evitar contato próximo com pessoas.

Lembre-se: em caso de suspeita, procure sempre um serviço de saúde.

Fonte: Site da Sociedade Brasileira de Infectologia

Leia também:
  • Cirurgia Bariátrica e Obesidade

    A Cirurgia bariátrica tem sido procurada cada vez com mais freqüência, pois os riscos da obesidade para a saúde são vários e graves. Para que se tenha uma ideia a obesidade atinge 600 milhões de pessoas no mundo, 30 milhões somente no Brasil. Se for ...

  • Precisão no diagnóstico de problemas cardíacos

    Mesmo tendo surgido novos métodos diagnósticos como a Tomografia e Ressonância Magnética, o cateterismo cardíaco é ainda hoje o exame mais preciso para se confirmar a presença de obstrução das artérias coronárias ou avaliar o funcionamento das valvas...

  • Diretor Presidente do HVS fala sobre o Programa BH Health Tour

    Em entrevista concedida ao Portal Belo Horizonte Dr. Wagner Neder Issa, diretor presidente do HVS, fala sobre o projeto de Turismo de Saúde. Projeto este que pretende tornar a capital mineira uma referência mundial em tratamentos médicos.  "As pess...

Compromisso e Qualidade

Certificação internacional

Vídeo Institucional

Veja nosso vídeo institucional

HVS no Facebook

Curta nossa página no facebook

Qualidade, confiabilidade e excelência tornam o Hospital Vila da Serra Acreditado Nível 3 ONA e Certificado Internacionalmente pelo Qmentum Internacional.

Selo Acreditado

Saiba mais sobre as certificações do
Hospital Vila da Serra.

Tratamento humanizado, aliado à dedicação e atenção aos seus pacientes fazem do Hospital Vila da Serra um centro de referência no atendimento à mulher, à criança e à toda a família.


Alameda Oscar Niemeyer, 499 - Bairro Vila da Serra
CEP 34006-056 - Nova Lima - MG - Tel.: (31) 3228-8100
2017 © Hospital Vila da Serra. Todos os direitos reservados.
Antônio Eugênio Motta Ferrari
Diretor Técnico
CRM MG12794
Desenvolvido por SPARTA INTERATIVA - Agência de Marketing 360