Envelhecendo com saúde

Data da publicação: 29/04/2014 Autor: hollo

Todas as fases da vida devem ser vividas com intensidade. Envelhecer faz parte do processo e saber passar por ela com qualidade é a chave para a longevidade.

Tal fase é chamada por muitos de melhor idade. Termo bem definido, pois é o período em que a maturidade é plena e a experiência é uma bagagem importante que se carrega para si e para os outros.

Chegar à velhice bem dependerá muito das providências que se toma ao longo da vida. Porém, para aqueles que perceberam o relógio despertar mais tarde que o ideal, é importante se saber que nunca é tarde para priorizar a saúde da mente e do corpo. Confira abaixo quatro pilares que tornam o ato de envelhecer saudável e pleno.

1º – Check-upenvelhecer com saúde

Mesmo que o fator idade contribua para o desenvolvimento de alguns males, já que o corpo não mais responde com tanta eficácia ao combate deles, é preciso desmistificar que a reversão do quadro é impossível de acontecer. A natureza impõe certos limites aos idosos, mas a medicina hoje potencializa a prevenção de determinadas doenças, caso a faça no tempo certo.

Para tanto, é fundamental fazer um check-up anual a partir dos 45 anos. A realização de exames periódicos é uma medida eficaz de prevenção de doenças  que podem surgir e se agravar com o tempo.

2º  Hábitos alimentares saudáveis

Comer bem é o melhor remédio. A natureza é rica de qualquer nutriente de que o corpo necessita.

  • As fibras presentes nas frutas são benéficas para o bom funcionamento do intestino;

  • O leite e derivados auxiliam da reposição do cálcio perdido com o avançar da idade;

  • Alimentos integrais, legumes e verduras precisam estar sempre presentes da rotina alimentar;

  • As proteínas são fundamentais para reforçar o sistema imunológico, além de ajudar na manutenção da massa magra;

  • As gorduras boas são aliadas no combate às doenças do coração.

Além da alimentação, é fundamental consumir, no mínimo, 2 litros de água por dia. A disposição e o equilíbrio do corpo estão intimamente ligados à hidratação.

3º Atividades Físicas

Os benefícios são tantos que são capazes de fazer movimentar até os amantes do sedentarismo. Praticar exercícios físicos em qualquer fase da vida elimina a indisposição, evita a obesidade, previne doenças cardíacas, mantém os níveis adequados de colesterol, controla a hipertensão, afasta a diabetes, fortalece a musculatura e diminui as chances de ter osteoporose.

Uma caminhada de 30 minutos por dia é capaz de dar uma guinada na saúde. O importante é manter a frequência e associá-la aos hábitos alimentares saudáveis.

4º Socialização

Nesta fase da vida, é natural bater à porta sentimentos como inutilidade e fragilidade. Como consequência, vem a depressão.   Em seguida, a tendência é se colocar cada vez mais à margem, abolindo projetos futuros e se isolando do convívio social.

Como prevenção, é importante manter uma convivência ssaudável com todos que fazem parte do círculo social do idoso. Além disso, jogos desafiadores estimulam o raciocínio e a manutenção da memória, como palavras cruzadas e cartas. Manter a atividade intelectual e a interatividade garante o bem estar e a saúde mental.

5º Sono

Durante uma boa noite de sono, o nosso organismo tende a se equilibrar, pois muitos processos metabólicos acontecem neste momento. Quando o idoso não dorme o suficiente, acorda com menos disposição, antecipa o envelhecimento, dificulta a concentração e torna-se mais propenso à obesidade, diabetes, pressão alta e doenças infecciosas.

Saber envelhecer com saúde é princípio para usufruir o melhor que a terceira idade pode proporcionar.

Receba Conteúdo exclusivo do Hospital Vila da Serra em seu e-mail.